quarta-feira, 19 de agosto de 2009

Então é assim...

Não temos nada contra os turistas, e isso que fique bem claro. Não temos nada contra aqueles que são educados, que se comportam devidamente e que não perturbam.

Por outro lado, incomoda-nos aqueles turistas que aqui se instalam e não respeitam a integridade da terra e dos respectivos habitantes.

Incomodam-nos aqueles turistas que passam à frente nas filas, que colocam uma postura de superioridade, que espreitam para a nossa propriedade, enfim... todas aquelas coisas que sentimos e vivenciamos no dia-a-dia.

Incomoda-nos, não aqueles que contribuem para o desenvolvimento económico da terra (e para os comerciantes locais), mas sim aqueles que frequentam restaurantes que nada têm de tradicional e nada têm da comporta (excepto o nome, no caso de um certo Café). Restaurantes esses que, por serem dirigidos a uma classe social mais alta (dado os valores das ementas), e todos sabemos quais são, empregam pessoas de fora e apenas no período de Verão ( o que não ajuda muito os conterrâneos porque as pessoas também comem de inverno), ao que podemos acrescentar ainda que os moradores não querem trabalhar devido à conduta dessas entidades patronais.

Incomoda-nos o sr Paredes em prol do turismo não dar margem alguma de manobra para os habitantes da terra construírem ou pintarem as casas como querem, porque o tradicional é que apela ao turismo... E depois surgirem edifícios com uma arquitectura nada "característica" a ocupar 200% do terreno, mas “como é para o turismo” (sendo um apart-hotel) e como até é amigo da dona... Já não "faz mal"...

Incomoda-nos o facto de sermos da terra e querermos ficar na terra e os nossos filhos quererem morar por cá e não termos poder de compra devido à fasquia elevadíssima que o turismo colocou no mundo imobiliário local.

3 comentários:

ComportaZ disse...

Bem postado 5*

Anónimo disse...

Entrai!..Senhores entrai!..Vinde ao paraíso da Comporta! Nas dunas protegidas andam a lavrar um caminho,para o Senhor Sarkozy e Carla Bruni andarem a cavalo. O povinho nem a pé pode passar na maior parte dos sítios desta herdade.Nem antes do 25 de Abril de 1974,nós eramos proibibos de tais coisas. Devagar vão fazendo o que querem.E o povo pá? E o povo pá?

J.Paixão

Comporta disse...

Sarkozy e Carla Bruni compram casa em Portugal


Nicolas Sarkozy e Carla Bruni adquiriram uma casa na Comporta, de acordo com a edição desta quarta-feira do jornal 24Horas. O casal terá sido visto a jantar perto da praia do Carvalhal, acompanhado pelo filho da cantora, Aurilien, de oito anos.
A compra da herdade, com acesso restrito àquela praia, teve como intermediária a condessa Albina de Boisrouvray, membro do jet-set internacional e responsável pela vinda de alguma realeza àquela zona, como os Grimaldi, do Mónaco.

Albina de Boisrouvray é madrinha da filha de Carolina do Mónaco, Charlotte, e ainda recentemente a jovem esteve na zona, acompanhada pelo tio, o príncipe Alberto, com a sua namorada. Outra das famílias reais que costuma visitar a Comporta é a monarquia da Jordânia, nomeadamente a rainha Raina.

ESTÃO A VER PORQUE RAZÃO A HERDADE DA COMPORTA JÁ ERA PARA OS ALCACERENSES, OS TERRENOS QUE A CAMARA POSSUI NOS BREJOS E ALGUM ENTRAVE PARA QUE POSSAM PROIBIR OS ALCACERENSES DE IREM A PRAIA, sera que andamos todos a dormir PAREDES DIZ QUE SO DÁ PREZUIZOS AQUELE TERRENO. 11 de outubro podera decidir muita coisa.

Comentário em http://bealcacer.blogspot.com